WhatsApp
(41)99189-2600

Enfermagem na FAPI turma 2024/1

Data de publicação:

05 de March, 2024

Localização:

Pinhais-PR

O Curso de Enfermagem propõe formar profissionais conscientes da evolução sócio-econômico-industrial da sociedade, por meio de uma educação voltada tanto para os aspectos formativos, como para os aspectos informativos. Não pretende-se formar apenas um Enfermeiro, mas sim um profissional preparado para tratar com o público em geral, capaz de lidar com o que há de mais moderno no âmbito de sua profissão e ciente do progresso relativo às recentes pesquisas da área, buscando sempre melhorar o seu potencial.

Descrição

Através da introdução do discente às matérias epistemológicas, filosóficas, antropológicas, sociológicas, tecnológicas, de iniciação científica e extensão, buscará habilitar profissionais preocupados com o seu próprio aprimoramento, tornando-os capazes de enfrentarem um mercado de trabalho cada vez mais agressivo e globalizado. O estabelecimento de parcerias entre as Instituições de Saúde, públicas e privadas, municipais e estaduais, órgãos representantes da classe (Cofen/Coren), juntamente com órgãos oficiais ligados à saúde e à educação (secretarias estaduais e municipais) favorece o alcance deste objetivo, culminando em benefícios à saúde dos brasileiros e em promoção e visibilidade para a enfermagem enquanto profissão. O currículo foi construído de forma a garantir a formação técnica, política e humana do aluno. Foram inseridas atividades complementares (acadêmicas, científicas, culturais), disciplinas optativas e/ou de tópicos especiais que, além de enriquecer a formação geral do aluno, propiciam a flexibilização dos currículos. A organização e o planejamento das situações didáticas de ensino-aprendizagem têm como objetivo principal promover a relação dos conhecimentos e dos valores inerentes às habilidades do profissional em formação em busca da competência profissional que se deseja. A metodologia de trabalho desenvolvida na Faculdade de Pinhais é pautada no princípio pedagógico da interdisciplinaridade, proporcionando a relação entre os temas tratados e as diversas áreas do conhecimento, relação que cada professor deve estabelecer no plano do componente curricular sob sua responsabilidade. Partindo-se do princípio de que a construção do conhecimento é um processo individual, mas que se realiza por meio da produção coletiva e compartilhada, atividades em grupo serão organizadas, orientadas e mediadas pelos professores. As atividades programadas e planejadas desenvolvem a habilidade de solucionar problemas reais do ambiente de trabalho, refletindo sobre eles e propondo soluções criativas e inovadoras. Nesse sentido, é imprescindível que o estudante seja motivado a questionar e a buscar alternativas, tornando-se sujeito ativo de seu processo de construção das competências e habilidades profissionais.